Buscar

Cura

Escolho não gastar minha energia no que não faz mais sentido.

Se não ressoa, não me realiza.

O mundo me espera para dar voltas com ele.

Tenho andado com o coração nas nuvens …

É um convite sem desculpas.

E quando perguntarem por mim?

Avisem que peguei carona num passarinho.

Que fui visitar primaveras.

Conhecer outras flores, provar de outros néctares.

Agarrada em asas, com o vento descubro que sorrio imenso.

Sou eu pra mim.

Livre, leve, lúcida.

Inteira dentro do meu temporal e na certeza da minha calmaria.

Nada menos, nada mais.

Na sorte do meu próprio refúgio, me pertenço. Meu remédio é a minha paz.

Minha certidão de renascimento tem a data de hoje.

Peço infância eterna aos meus desejos.

No mais importante deles, grito:

Parem tudo!

É sobre mim.

Eu já conheço.

Hora de descer, hora de pousar.

Estou pronta.

Estou viva.

Vou amar.

Posts recentes

Ver tudo

Certezas incertas

Troquei algumas certezas de lugar. Hoje, já não me importo que você me olhe e não me entenda. Sou um resultado indefinido. Sujeito, por vezes, indeterminado. Uma equação irracional. Não sou chegada a

Mantra da mulher que habita em mim

Eu sou linda. Cheirosa. Gostosa. Charmosa. Tenho um bom papo, cultura, inteligência. Sou divertida, independente, engraçada, descolada, bem humorada. Aprecio um bom vinho, penso no planeta, gosto de m

Eu complexa

Relacionar-se comigo nunca terá a simplicidade do somatório de dois mais dois ou a calmaria de um mar sem ondas. E no discurso sempre conquistador de todo início, o outro garante que adora equações co

Copyright Andrea Brêtas Fotografia 2017. Professor Stroele 428 bloco IV - Salas: 310/311 - Quarteirão Brasileiro | Petrópolis-RJ Tel.: 24999643966