Buscar

Nós, os loucos

Prefiro os loucos.

A leveza, a intensidade, o destemor e o sarcasmo dos loucos.

Nós, loucos, tocamos fundo no outro, na alma do outro, no coração do outro, na pele do outro.

Impossível é palavra desconhecida e arriscar nosso exercício constante. Somos hipertrofiados de risco.

Brincamos de mudar de ideia, de gosto, de direção, de transformar nossa vida em arco-íris e o dia da volta numa incógnita.

Acreditamos no outro ser humano e mais ainda no ser humano que somos.

O que é morno, razoável, ponderado soa como cantiga de ninar, não como meta a ser alcançada.

Quando gostamos é profundamente, verdadeiramente e apaixonadamente.

Perdemos de vez o eixo, a zona de conforto e o porto seguro.

Gente louca tem medo, mas abre mão dele quando a vida grita para “ir”. E nós vamos. Sempre vamos, ainda que de olhos fechados, se mais confortável for.

Gente louca está sempre tentando de novo, de novo e de novo.

Covardia é substantivo esquecido.

Nós, loucos, não envelhecemos, vivemos.

Subimos no palco, damos show, mas dispensamos categoricamente os aplausos.

Precisamos é viver de pulsar quase que taquicardicamente numa arritmia de amor.

E é diferente a forma como nossos olhos brilham. Vontade pura apenas de provocar quem insiste em andar na sombra.

Talvez a loucura seja uma tradução de sabedoria.

Pode ser a sabedoria dos tristes, algumas vezes.

Mas … que ela não seja menos divina por isso.

Posts recentes

Ver tudo

Certezas incertas

Troquei algumas certezas de lugar. Hoje, já não me importo que você me olhe e não me entenda. Sou um resultado indefinido. Sujeito, por vezes, indeterminado. Uma equação irracional. Não sou chegada a

Mantra da mulher que habita em mim

Eu sou linda. Cheirosa. Gostosa. Charmosa. Tenho um bom papo, cultura, inteligência. Sou divertida, independente, engraçada, descolada, bem humorada. Aprecio um bom vinho, penso no planeta, gosto de m

Cura

Escolho não gastar minha energia no que não faz mais sentido. Se não ressoa, não me realiza. O mundo me espera para dar voltas com ele. Tenho andado com o coração nas nuvens … É um convite sem desculp

Copyright Andrea Brêtas Fotografia 2017. Professor Stroele 428 bloco IV - Salas: 310/311 - Quarteirão Brasileiro | Petrópolis-RJ Tel.: 24999643966